Redundância – Pleonasmo

Pleonasmo é o emprego de palavras repetidas ao sentido da expressão. É uma repetição desnecessária de um termo já expresso na oração. Essa repetição só é válida e aceita como pleonasmo, quando o termo usado

Cacofonia

Na maioria das vezes, sequer percebemos que estamos criando um cacófato, pois ele só se revela quando pronunciado, especialmente se a pessoa que leu não fez as pausas ou entonações adequadas. Para eliminar a cacofonia,

Entre mim e você ou entre eu e você?

Da mesma forma será com as demais preposições: para mim e você, para mim e ti, sobre mim e ele, entre mim e ela, contra mim, por mim etc. Alguns exemplos: Ele trouxe comida para mim e

Sob pressão ou sobre pressão?

As preposições "sob" e "sobre" têm significados opostos ("sob" indica o que está embaixo,"sobre" indica o que está em cima). Assim, um objeto pode estar sobre uma mesa, mas também pode estar sob a mesa

Predicação Verbal

É importante lembrar que os verbos não têm classificação muito rígida, pois dependem do sentido que assumem na frase em que são usados. Alguns exemplos: O bebê dormiu rapidamente. (VI) / O bebê dormia um

Verbos Impessoais

Temos sujeito inexistente quando os verbos são empregados impessoalmente nas orações, ou seja, não se referem a nenhuma pessoa gramatical, não há nenhum elemento ao qual o predicado de refira. Diz-se, então, que o sujeito

Subsíndico ou sub-síndico?

Com relação ao prefixo sub-, só haverá hífen se a palavra seguinte iniciar por -b ou -r. Alguns exemplos: sub-base, sub-reptício, sub-raça, sub-reino, sub-reitor, etc. Não se usa hífen com outras letras, portanto a grafia correta

error: Conteúdo exclusivo!