25 Filmes sobre Educação

Compartilhe:

Alguns filmes nos divertem, outros nos emocionam, outros nos inspiram. Quando o assunto é educação, muitos filmes nos convidam para uma reflexão sobre o papel do professor, do aluno e do sistema educacional. Foi pensando nisso, que resolvi selecionar 25 filmes, cuja temática é a educação, fator determinante na formação de todo ser humano. Conheça a história de alguns professores que, com seus métodos tradicionais ou nada convencionais, fizeram história nas telas – e também na vida, uma vez que alguns dos filmes a seguir são baseados em fatos reais.

1. Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

sociedade-dos-poetas-mortos

John Keating (Robin Williams) é um professor de poesia nada ortodoxo em uma escola preparatória para jovens. Com o seu talento e sabedoria, ele inspira os seus alunos a perseguir as suas paixões individuais e tornar as suas vidas extraordinárias. O filme ajudou a popularizar o provérbio ‘carpe diem’ (do latim, ‘aproveitem o dia’).

2. Escritores da Liberdade (2007)

escritores-da-liberdade

Uma professora (Hilary Swank) tenta combater um sistema deficiente e fazer com que a sala de aula faça a diferença na vida de seus alunos, criados em meio à violência e à agressividade. Por meio de diários, os adolescentes escrevem suas histórias e têm a chance de ter uma voz própria. O filme foi inspirado em eventos reais, relatados pela professora Erin Gruwell e seus alunos no livro “O Diário dos Escritores da Liberdade”.

3. Ao Mestre com Carinho (1967)

ao-mestre-com-carinho

Desempregado, o engenheiro Mark Thackeray (Sidney Poitier) acaba por lecionar em uma escola de Londres, formada por alunos pobres e sem disciplina. O professor sofre um bocado na mão deles, mas, aos poucos, consegue impor respeito e ganhar a amizade dos estudantes. A canção que leva o nome original do filme, To Sir with Love, da cantora Lulu (que também participa do longa), ficou por cinco semanas no topo da parada norte-americana. Um clássico das sessões vespertinas da TV.

4. Uma Mente Brilhante (2001)

uma-mente-brilhante

O gênio da matemática John Nash (Russell Crowe) ganha fama no mundo acadêmico ao formular um complexo teorema aos 21 anos de idade. Sua habilidade com as ciências exatas o leva a um trabalho secreto.  Atormentado pela sensação de estar sempre perseguido, o professor põe em risco sua carreira e seu casamento. Os problemas de Nash começam mesmo, quando ele é diagnosticado com esquizofrenia. Após anos de luta contra a doença, o matemático consegue se reintegrar à sociedade e acaba sendo premiado com o Nobel. A história é baseada em fatos reais.

5. O Aluno (2010)

o-aluno

Kimani Maruge (Oliver Litondo) lutou pela liberdade de seu país, foi preso e torturado. Aos 84 anos, Maruge decide se matricular numa escola primária. Como a escola possui mais crianças do que sua estrutura precária suporta, sua matrícula é negada e ele precisa insistir muito até ser aceito. Porém, ao começar a estudar, a atitude de Maruge gera revolta e indignação na comunidade, colocando sua segurança em risco. O filme é baseado em fatos reais. A perseverança e a determinação de Maruge em aprender a ler beiram o desespero. O filme é um drama tenso, mas belíssimo e inspirador.

6. Meu Mestre, Minha Vida (1989)

meu-mestre-minha-vida

Joe Clark (Morgan Freeman), um diretor arrogante e professor pouco ortodoxo, é convidado a assumir a direção da instituição de onde havia sido demitido como docente. O colégio, que no passado era acolhedor, se torna um ambiente hostil, controlado por gangues, e local de consumo de drogas. O perfil rígido torna Clark o homem certo para recolocar a escola nos trilhos, mesmo que para isso ele tenha de enfrentar arruaceiros e até as autoridades locais. O filme é baseado em fatos reais.

7. A Voz do Coração (2004)

a-voz-do-coracao

A história se passa em um pensionato para pequenos delinquentes, onde o professor Clément Mathieu (Gérard Jugnot) assume a tarefa de ensinar música, mesmo sem concordar com os métodos que o inflexível diretor da escola insiste em impor.  Seus alunos são crianças problemáticas, que não cresceram de forma saudável e que causam confusões o tempo todo no internato. Com a chegada de Clément, a escola tem a rotina mudada, já que  ele resolve montar um coral para manter a disciplina dos difíceis estudantes. Com suas vidas transformadas pela música, os internos ganham cada vez mais confiança no novo mestre, ao mesmo tempo em que seus talentos começam a ser expostos.

8. Gênio Indomável (1997)

genio-indomavel

Will Hunting (Matt Damon) é um garoto dotado de grande inteligência, sem família e com pouca educação formal.  Ele devora livros, mas guarda tudo que aprende para si e procura empregos que dispensam qualificação. Um professor descobre que Will é um gênio e quer o garoto em sua equipe de matemática, mas, como Will tem problemas com a polícia, é preciso fazer um acordo com a justiça. São impostas duas condições: ele tem que trabalhar com o professor e fazer terapia. Sean McGuire (Robin Willians) é o terapeuta chamado para domar o difícil temperamento do rapaz. Ambos são igualmente teimosos, mas surge uma amizade que convence Will a encarar seu passado e seu futuro.

9. O Substituto (2011)

o-substituto

Henry Barthes (Adrien Brody) é um professor de ensino médio, que apesar de ter o dom nato para se comunicar com os jovens, só dá aulas como substituto, para não criar vínculos com ninguém. Mas quando ele é chamado para lecionar em uma escola pública, se encontra em meio à professores desmotivados e adolescentes violentos e desencantados com a vida, que só querem encontrar um apoio para substituir seus pais negligentes ou ausentes. Ao descobrir uma ligação improvável com os seus novos alunos, com uma professora da escola e uma jovem problemática que recolhe das ruas, Henry percebe que o seu dom natural pode realmente fazer diferença nas vidas de algumas pessoas e que, mesmo que o preço seja a perda de alguma paz de espírito, vale a pena o envolvimento.

10. Mentes Perigosas (1995)

mentes-perigosas

Louanne Johnson (Michelle Pfeiffer) é uma oficial da marinha que abandona a carreira militar para realizar um antigo sonho de ser professora. Só que o trabalho em sala de aula acaba não sendo tão agradável e fácil quanto ela esperava, mesmo com sua experiência militar. Ela enfrenta diariamente a tensão de uma turma de adolescentes rebeldes e todos os problemas sociais que são produzidos e reproduzidos no âmbito escolar.

11. Preciosa (2009)

preciosa

Pobre, grávida pela segunda vez de um filho do próprio pai e vivendo com a mãe que a agride, Claireece Jones, ou simplesmente Precious (Gabourey Sidibe), trilhava um caminho inescapável para a infelicidade. Em sua trajetória, surge a professora Ms. Rain (Paula Patton) que faz com que Precious descubra sua autoestima e lute por um novo recomeço de sua vida. O longa, baseado em fatos reais, conquistou seis indicações ao Oscar e levou dois prêmios: melhor roteiro adaptado e melhor atriz coadjuvante para Mo’Nique, a intérprete da detestável mãe da protagonista.

12. Central do Brasil (1998)

central-do-brasil

Um país desconhecido é apresentado aos brasileiros. Dora (Fernanda Montenegro), a protagonista do filme, provoca reflexões sobre o drama do analfabetismo no país. E o problema está logo ali, na estação de trem Central do Brasil, subúrbio do Rio de Janeiro. Lá, a professora aposentada cobra para escrever e enviar cartas (apesar de nunca cumprir a segunda tarefa) para pessoas que vivem à margem do universo das letras. O roteiro ainda retrata a massa de migrantes nordestinos que, desde o início do século 20, abandona o sertão em busca de oportunidades de trabalho nas metrópoles. A história ganha fôlego quando uma das clientes, Ana (Soia Lira), é atropelada na saída da estação e seu filho de nove anos, Josué (Vinícius de Oliveira), pede ajuda a Dora para encontrar o pai que vive no interior do Nordeste. Uma história envolvente, que muito revela sobre as deficiências da educação no país.

13. Ser e Ter (2002)

ser-e-ter

O documentário acompanha a rotina de George Lopez, um dedicado professor que trabalha em St. Etienne sur Usson, uma pequena localidade rural no interior da França. Lá, Georges Lopez trabalha sozinho em uma escola que tem apenas uma sala de aula, e se dedica a seus alunos, crianças entre 4 e 11 anos que aprendem a ler, escrever e se relacionar. Lopez é apaixonado por seu trabalho, e deseja que as crianças não apenas aprendam disciplinas escolares, mas também cortesia e valores. Indicado a vários prêmios, como o César, (o Oscar francês), o longa tem sido estudado e mostrado em escolas de várias partes do mundo.

14. Larry Crowne – O Amor Está de Volta (2011)

larrycrowne_1

Larry Crowne (Tom Hanks) trabalha há anos em uma loja, onde já foi escolhido por nove vezes como o funcionário do mês. Um dia, para sua surpresa, ele é demitido por não ter curso superior. Precisando recomeçar do zero, ele resolve se matricular na faculdade. Um dos cursos que realiza é o de oratório, ministrado por Mercedes Tainot (Julia Roberts), que está desanimada devido ao desinteresse dos alunos por sua matéria. A vida na faculdade faz com que Larry ganhe novos amigos, mude seu estilo de vida e se aproxime, cada vez mais, de Mercedes. 

15. Encontrando Forrester (2000)

encontrando-forrester

O filme retrata diversos cenários do cotidiano envolvendo sentimentos de amizade, confiança e escolha. Mostra o caminho de um jovem de 16 anos da periferia de Nova York que consegue uma bolsa de estudos em uma das melhores escolas particulares da cidade, graças às notas que conquistou no colégio público. Só que ele não consegue superar a barreira do preconceito, por ser negro e pobre. O talento do rapaz em escrever o leva a conhecer William Forrester (Sean Connery), um brilhante escritor que vive recluso. Ele percebe a capacidade do jovem e o incentiva a prosseguir. Desse relacionamento, nasce uma bela e edificante amizade.

16. Entre os muros da escola (2008)

entre-os-muros

Uma sala de aula na periferia de Paris simboliza o choque cultural presente na França contemporânea. François Marin, um professor de literatura francês, busca formas de se aproximar de seus estudantes asiáticos, africanos, árabes e franceses. , mesmo tendo que ligar com o descaso dos alunos. O longa é baseado no livro homônimo de François Bégaudeau, protagonista da narrativa.

17. Clube do Imperador (2002)

clube-do-imperador

William Hundert (Kevin Kline) é um professor de uma escola preparatória para rapazes que recebe como alunos a nata da sociedade americana. Hundert dá lições de moral através do estudo de filósofos gregos e romanos. Hundert está apaixonado por falar para os seus alunos que “o caráter de um homem é o seu destino” e se esforça para impressioná-los sobre a importância de uma atitude correta. Repentinamente, algo perturba esta rotina com a chegada de Sedgewick Bell (Emile Hirsch), o filho de um influente senador. Sedgewick entra em choque com as posições de Hundert. Apesar desta rebeldia, Hundert considera Sedgewick bem inteligente e acha que pode colocá-lo no caminho certo, mas Sedgewick trai esta confiança.

18. A Onda (2008)

a-onda

Diante de uma turma desmotivada e a obrigação de ensinar o conceito de autocracia, o professor Rainer Wenger (Jürgen Vogel) decide discorrer sobre o assunto por meio de uma experiência prática envolvendo seus alunos. No entanto, o que era para ser um mero exercício de reflexão ganha força e foge de seu controle. O diretor Dennis Gansel mostra como a sociedade ainda está suscetível a repetir erros históricos como o fascismo e o importante papel que a escola desempenha na formação dos jovens.

19. Mr. Holland: Adorável Professor (1995)

Em 1964, um músico (Richard Dreyfuss) resolve começar a lecionar para ter mais dinheiro e assim se dedicar a compor uma sinfonia. Mas os alunos se mostram pouco interessados e as coisas se complicam quando a esposa dele da luz a um bebê surdo. Para poder financiar os estudos especiais e o tratamento do filho, o professor se envolve cada vez mais com a escola, deixando de lado seu sonho de tornar-se um grande compositor.

20. O Sorriso de Monalisa (2003)

sorriso-de-monalisa

Katharine Watson (Julia Roberts)  é uma professora de História da Arte, que quer romper os ideais machistas da sociedade americana da década de 50. Mas ela se depara com a resistência das próprias alunas ao ingressar no corpo docente do Colégio Wellesley. A instituição é famosa por preparar jovens para a vida matrimonial e de dona de casa. Mesmo assim, Katharine decide ir contra as normas para mostrar às estudantes que elas são capazes de enfrentar os desafios da vida adulta sem estar, necessariamente, à sombra de um homem.

21. Mentes que Brilham (1991)

mentes-que-brilham

Dede Tate (Jodie Foster) trabalha como garçonete em um restaurante chinês e é mãe de Fred Tate (Adam Hann-Byrd), um menino de sete anos que possui uma capacidade mental é extraordinária. Ela vive um dilema ao educar o filho, pois quer que o garoto tenha uma vida normal e não seja visto como uma aberração, devido aos seus talentos precoces com a matemática e as artes. Com isso, suas atitudes acabam limitando a genialidade do menino, que não quer abrir mão de usar a inteligência.

22. Como Estrelas Na Terra (2007)

como-estrelas-na-terra

Ishaan Awasthi (Darsheel Safary), um jovem de 9 anos, tem muita dificuldade para se concentrar nos estudos, e mal consegue escrever o alfabeto. Depois de diversas reclamações da escola, o pai, que acredita que Ishaan não faz as tarefas por falta de compromisso, decide levá-lo a um internato, o que leva o menino a entrar em depressão. Mas, Nikumbh (Aamir Khan), um professor substituto de artes, logo percebe o problema de Ishaan, e entra em ação com seu plano para devolver a ele a vontade de aprender e, sobretudo, viver.

23. Pro Dia Nascer Feliz (2006)

pro-dia-nascer-feliz

O filme mostra o cotidiano permeado de desigualdade e violência de jovens de quatro escolas públicas brasileiras, em Pernambuco, São Paulo, Duque de Caxias e no Rio de Janeiro. Preconceito, fantasia, subversão e negligência integram o cotidiano de um grupo de adolescentes captado pela lente da câmera do diretor João Jardim. A produção dá voz a alunos de 14 a 17 anos, de classes sociais distintas, para que revelem as próprias inquietações e fragilidades no universo educacional. O resultado final é um enredo sensível, que apresenta ao público diversos “brasis” perdidos pelo território, ao mesmo tempo em que provoca um misto de sentimentos – ora esperançosos, ora (muito) amargos.

24. Além da Sala de Aula (2011)

alem-da-sala-de-aula

Baseado em fatos reais, o filme acontece em meados dos anos de 1987 na cidade de Salt Lake City (EUA), onde, Stacey Bess (Emily VanCamp), uma jovem recém-formada, vai a procura do seu primeiro emprego e é encaminhada como professora substituta em um projeto experimental e se depara com uma realidade totalmente diferente do contexto social em que vive, tendo assim que vencer seus próprios preconceitos para enfrentar a dura realidade de uma escola desigual. Como educadores, o filme nos faz refletir e analisar se estamos preparados para enfrentar a diversidade de desafios existentes em algumas escolas, pois não basta saber o conteúdo para ministrar uma boa aula. É preciso pensar nos recursos existentes e na realidade em que o aluno esta inserido.

25. A Corrente do Bem (2000)

corrente-do-bem

Eugene Simonet (Kevin Spacey), um professor de Estudos Sociais, faz um desafio aos seus alunos em uma de suas aulas: que eles criem algo que possa mudar o mundo. Trevor McKinney (Haley Joel Osment), um de seus alunos e incentivado pelo desafio do professor, cria um novo jogo, chamado ““pay it forward”, em que a cada favor que recebe você retribui a três outras pessoas. Surpreendentemente, a ideia funciona, ajudando o próprio Eugene a se desvencilhar de segredos do passado e também a mãe de Trevor, Arlene (Helen Hunt), a encontrar um novo sentido em sua vida.