Obsolescência

Compartilhe:

obsolescência
Há três tipos de obsolescência:

1. Técnica ou Funcional
Ocorre com a chegada de um novo produto ou tecnologia (quando os CDs substituíram os discos de vinil, por exemplo), quando o produto se torna inútil devido a mudanças em outros produtos no qual ele era utilizado (ex: fichas telefônicas), quando o valor do conserto supera a relação custo/benefício e quando partes essenciais não estão mais disponíveis para a fabricação de um item.
2. Programada ou Planejada
É um processo em que mercadorias são fabricadas com o intuito de apresentarem algum tipo de limitação em um tempo predeterminado a fim de que se tornem rapidamente obsoletas, aumentando, assim, o consumo de novos produtos. A prática é considerada por muitos consumidores como um sinal de comportamento antiético. Em resumo “A obsolescência programada reduz a durabilidade de produtos para estimular o consumo e movimentar a industria.”
3. Perceptiva ou Percebida
Trata-se da redução da vida útil de produtos que ainda são funcionais e úteis através do lançamento de novos modelos com aparência mais atual e agradável, além de pequenas mudanças funcionais. Os fabricantes dão aos produtos antigos aspecto de ultrapassados e induzem o consumidor à troca.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *