Prefixo “socio”

Compartilhe:

prefixo socio e hífen
Há casos em que o termo “socio” não é um prefixo e sim um substantivo (“sócio” – aquele que tem parte nos negócios, que faz parte de uma sociedade). Nesses casos, o uso do hífen é obrigatório e passamos a ter um substantivo composto. Veja alguns exemplos: sócio-fundador, sócio-diretor, sócio-gerente. Com relação ao plural, já que temos dois substantivos, os dois termos vão variar: sócios-fundadores, sócios-diretores, sócios-gerentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *